Especial Oscar 2012: Resenha "A Árvore da Vida"

Esse fim de semana eu assiti mais dois filmes: “A árvore da vida” (The Tree of Life) e “Histórias Cruzadas” (The Help) e apesar de ter gostado demais do segundo, foi o primeiro que ficou girando na minha cabeça. O filme conta basicamente a história da relação entre um pai autoritário e seu filho mais velho, porém a abordagem vai muito além disso. O diretor visionário Terrence Malick vai até os primórdios do surgimento do universo para nos trazer uma reflexão sobre a vida, a morte e a existência de Deus.

Agora posso pagar de escrota por um instante? Acho que a “Árvore da Vida” é maconha, purinha, da boa. XD

Ok, passou o momento escroto.

Já vi uma grande discussão sobre esse filme. Muitos acharam um saco e dormiram, outros o estão reverenciando como uma obra prima genial. Eu particularmente acho que ele é um filme do tipo reflexivo, não dá pra ficar discutindo significado. Cada um tem sua impressão e sua opinião, as metáforas são tão abstratas que não tem um sentido claro, e nem fácil. Pra quem não gosta de pensar na vida vendo filme vai ser, sim, muito chato. Pra mim, que gosto de analisar e contemplar (e olha que nem sempre, depende do meu humor), gostei demais das narrações em forma de orações, dos questionamentos… Em matéria de direção está impecável e muito (positivamente) diferente. Concordo que o roteiro é MUITO confuso, mas o resultado final tem um clima diferente de tudo que eu já vi. Fico imaginando com que olhos o diretor Terrence Malick enxerga o mundo. Já a Fotografia é um espetáculo à parte, com luzes e enquadramentos de tirar o fôlego.
Não dá pra classificar como “bom” ou “ruim”, e sim peculiar. Tudo que causa um impacto diferente do que as pessoas esperam causa estranhamento e até aversão, mas para um filme como esse é até surpreendente que esteja concorrendo a “Melhor Filme” (apesar de eu não achar que ele vá ganhar). Confesso que ele me deixou num clima meio “down” quando terminei, um sentimento muito estranho. Fui dormir pensando em como é incrível como um filme pode mexer com a gente.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s