Doramando – TOP 10 RELÂMPAGO

Recentemente eu relembrei o quanto amo doramas! Assim são chamadas as “novelas” japonesas que me conquistaram de jeito. Mas no que elas diferem das novelas brasileiras ou de séries americanas? Bem, muita coisa! Mais do que a estrutura dos episódios (nunca passa de 10 ou 12, salvo quando tem uma segunda temporada), a diferença gritante está na essência “japa” de fazer as coisas.

Ver um dorama, pra mim, é semelhante a ler um mangá shoujo (e de fato a maioria é baseada em mangás famosos), só que com a dose extra do exagero impagável da atuação japonesa, que me faz relaxar e dar boas risadas. Mas, se só esse motivo bobo é pouco, vamos lá. Segue abaixo o meu TOP 10 RELÂMPAGO de doramas e para cada um, uma resenha relâmpago e três motivos mais bobos ainda para assistir!

10º Honey & Clover

honeyclover

Meio drama, meio comédia, a história gira em torno de um grupo de estudantes de artes, as relações entre eles e o dilema de cada um em relação às suas escolhas profissionais.

  • Motivo 1: Tem o ótimo ator Ikuta Toma, de Hanakimi, e seu personagem tem um amadurecimento muito interessante.
  • Motivo 2: A personagem Ayumi ilustra um caso sério de teimosia amorosa. Quem nunca passou por isso?
  • Motivo 3: Apesar das idas e vindas sentimentais, o foco é o “encontrar a si mesmo” e descobrir o que te realiza de verdade.

9º Last Friends

last friends

Ruka e Michiru são duas amigas de escola que se reencontram, e os sentimentos que Ruka guardava por Michiru voltam com tudo enquanto ela tenta ajudá-la a se livrar dos abusos do namorado violento.

  • Motivo 1: Atuação inusitada da atriz Ueno Juri (de Nodame Cantabile), que faz uma piloto de motocross que sofre de transtorno de identidade de gênero.
  • Motivo 2: A sensacional música tema “Prisoner of Love“, da Utada Hikaru, ficou perfeita pra dar o clima que o dorama precisa.
  • Motivo 3: Muitas situações te deixam num estado constante de tensão, incômodo, indignação e até medo, como se entrando na própria pele dos personagens.

8º Kamisama, Mou Sukoshi Dake (Deus, me dê mais tempo)

kamisama

História de uma garota portadora do vírus HIV que acaba conhecendo e se envolvendo com seu ídolo, um decadente músico compositor.

  • Motivo 1:  O personagem principal é o mesmo ator que faz “O Clã das Adagas Voadoras”. TAKESHI KANESHIRO, SEU LINDO!
  • Motivo 2: A abertura e tema do dorama é “I for you”, a música mais linda do Luna Sea.
  • Motivo 3: A personagem principal me surpreendeu muito em relação a tomada de decisões.

7º Hotaru no Hikari (Brilho do vaga-lume)

hotaru

Hotaru é uma “himono-ona”, uma mulher que prefere ficar em casa tomando cerveja e rolando pelo chão em vez de ter uma vida social. Até que seu chefe acaba indo morar com ela (depois de ter sido chutado pela esposa), devido ao fato da casa pertencer à família dele.

  • Motivo 1:  Consegue ter uma das protagonistas mais hilariamente retardadas de todos os doramas que eu já vi! (e sim, isso é um motivo!) Superar Nodame Cantabile nisso é um mérito, acreditem.
  • Motivo 2: Apesar de retardada, a Hotaru é extremamente FOFA, assim como a história.
  • Motivo 3: O “chefe” é um ator que eu sempre vi em papéis sérios ou sem graça, e ele me pareceu assim nesse dorama também, mas vai se rendendo aos poucos ao jeito bobo e cativante de Hotaru (e até mesmo ficando um pouco como ela!). Me surpreendeu como eu passei a gostar do personagem dele no fim.

6º Hanakimi (Para vocês que estão na flor da idade) (resenha do mangá aqui)

hanakimi copy

Mizuki é uma garota que resolve se vestir de garoto para entrar no mesmo colégio que o seu ídolo, o atleta Sano Izumi, e tentar fazê-lo voltar a praticar o salto em altura.

  • Motivo 1: O mangá de Hanakimi é excelente e fez muito sucesso no japão. Apesar do dorama não ser tão bom quanto, ele tem boas adaptações dos personagens mais hilários da série (destaque para os líderes dos dormitórios).
  • Motivo 2: Ikuta Toma sempre é motivo! Dessa vez ele interpreta Nakatsu, um garoto que entra em crises de sexualidade ao se apaixonar por Mizuki sem saber que ela é mulher. Além do Toma, o elenco conta com um dos meus atores japoneses preferidos, o Mizushima Hiro (Beck, Kamen Rider Kabuto, Zettai Kareshii).
  • Motivo 3: A trilha sonora é muito alto astral, tanto a abertura “Ikenai Taiyou” (adoro Orange Range!) e encerramento “Peach” (Ai Otsuka) quanto a OST, que dá um clima meio “tropical” à série.

 5º Orange Days

orange days

A história começa quando Kai, típico universitário japonês prestes a entrar no mercado de trabalho, conhece Sae, uma menina que era uma violinista famosa até perder a audição quatro anos atrás.

  • Motivo 1:  Me lembrou de leve o seriado americano “Switched at birth”, por causa da linguagem de sinais o tempo todo. Depois de assistir você fica com os movimentos na cabeça.
  • Motivo 2: SHANGHAI HONEY! (Pausei na metade do episódio pra procurar a música! XD)
  • Motivo 3: Tenho um carinho inexplicável pelo personagem principal Kai. Não sei se foi a construção do personagem ou o jeito do ator, mas ele consegue ser autêntico, de alguma forma fugindo do usual clichê de doramas. Ele é charmoso, mas às vezes é bobo, às vezes maduro, às vezes infantil, às vezes escroto, às vezes gentil, às vezes ele explode, dá esporro, fala o que não deveria, erra… enfim. Foi, pra mim, um personagem muito real. Gostei da forma como ele vai aprendendo a lidar com Sae, por causa da personalidade forte e cabeça-dura dela.

4º Ichi Rittoru no Namida (Um litro de lágrimas)

sen rittoru

História real da japonesa Aya Kito, que aos 15 anos descobriu ter uma doença degenerativa incurável. Por sugestão de seu médico ela passou a escrever um diário, que foi publicado logo após a sua morte.

  • Motivo 1: Tanto Aya quanto sua mãe são figuras inspiradora, e a história é uma grande lição de valorização da vida.
  • Motivo 2: A música tema é a Konayuki, a música mais linda do mundo. Tenho uma ligação emocional muito especial com a letra dessa música.
  • Motivo 3: A música de encerramento também é muito bonita e muito triste, e ao fim de cada episódio aparece um trecho do diário de Aya e fotos dela. Um litro de lágrimas é pouco…

3º Proposal Daisakusen (Operação Pedido de Casamento)

proposal

A história começa com o personagem principal Ken indo ao casamento da sua melhor amiga, por quem ele sempre foi apaixonado. No momento de uma projeção de fotos no telão, uma fada (?) aparece e permite que ele reviva cada dia de cada foto para refazer as coisas das quais ele se arrepende.

  • Motivo 1: O personagem principal (além de ser uma gracinha) tem uma evolução muito interessante, onde ele questiona o tempo todo seu antigo “eu”. No final, você percebe nele uma pessoa completamente diferente do primeiro episódio.
  • Motivo 2: Viagem no tempo! Não sei você, mas é um tema que nunca vai me cansar. Quem nunca sentiu vontade de voltar e mudar certas coisas? Quem nunca pensou “Se eu tivesse feito daquele jeito…”?
  • Motivo 3: O final é muito bom e me surpreendeu! Ainda tem um filme, uma espécie de “bônus” com os acontecimentos posteriores.

2º Hana Yori Dango (Antes garotos do que flores)

hana yori dango

Em uma escola super rica para alunos super ricos, Makino é a única “pobretona”, tendo entrado lá através de uma bolsa. Por ter defendido uma amiga de bullying , ela acaba entrando para a “lista negra” do grupo de garotos que manda na escola, o F4. Mas sua personalidade obstinada acaba chamando a atenção do líder dos quatro, que aos poucos se apaixona por ela.

  • Motivo 1: Após o sucesso do mangá, tanto a primeira quanto a segunda temporada ganharam prêmios de melhor dorama do ano no Japão. Existem também uma versão koreana e uma taiwanesa, mas a japonesa é a melhor e tem um filme além das duas temporadas.
  • Motivo 2: Não tem como não se apaixonar pela burrice ingenuidade do Donmyouji, que é o personagem mais retardado mental bobo da série.
  • Motivo 3: “Ebisu Garden Palce, Torre do Relógio, 1 da tarde. Esteja lá.” (Quando eu estava no Japão, fui até essa praça só por causa do dorama! <3)

1º Nodame Cantabile

nodame cantabile

Chiaki é o filho de um pianista famosos que sonha em ser maestro, mas vive frustrado por estar “preso” no Japão, devido ao seu trauma de avião. Então ele conhece Nodame, uma de suas “calouras” da faculdade, uma garota otaku retardade e completamente doida muito peculiar que, a despeito de suas habilidades incríveis no piano, não leva a música muito a sério.

  • Motivo 1: Além dos 11 episódios do dorama, existem 2 especiais e 2 filmes que se passam na Europa, em Paris (juro que os filmes me deram mais vontade de ir pra lá do que “Meia noite em Paris”) e em Viena.
  • Motivo 2: Toda a trilha sonora é composta por músicas clássicas, o que dá um contraste muito grande com o clima pastelão e os personagens completamente caricatos. Ao longo da história você sem querer acaba aprendendo bastante sobre música clássica e sobre a vida de compositores famosos. Agora lembro de Nodame toda vez que ouço “Rhapsody in Blue”.
  • Motivo 3: Apesar de também haver romance, o foco da história na verdade é a relação entre os personagens (todos, não só os principais) e a música, como eles passam a encarar e a entender a música. Principalmente com Nodame, onde um paralelo é traçado entre seu amadurecimento como pianista e como mulher.

—————-

Quem aí já assistiu algum desses? Sintam-se à vontade para me sugerir outros! Dorama nunca cansa. 🙂

Links úteis:

  • SARS – Fansubs: Onde eu mais gosto de baixar, aqui você encontra torrents de muitos doramas com excelente qualidade. Legendas em inglês.
  • D-addicts: Fórum onde você encontra torrents de praticamente qualquer dorama.
  • Anime Center: RMVB e Legendas em português, mas é tudo hospedado no rapidshare.
  • Blogs Dramas Otaku: Esse blog tem resenhas mais completas e redireciona para outros fansubs.
Anúncios

7 comentários em “Doramando – TOP 10 RELÂMPAGO

  1. Ichi Rittoru no Namida me fez chorar até dizer chega! Preciso ver mais doramas, acho que só vi esse, um pouquinho de Ouran High School Host Club, e comecei o Nihonjin no Shiranai Nihongo (não continuei porque não encontrei seeds no torrent com legenda em inglês) e achei +qd+.

    • Suuuuper atrasado, mas…
      Sobre Doramas, já vi ~hétero~ o famoso “Majou no Junken”! E…..S-U-P-E-R RECOMENDO!! Além da música tema “First love”, album da Utada Hikaru mais vendido da história do Japão ~acho que num é novidade p ng~ .. A série conta sobre uma relação proibida entre professora e aluno com uma trama/sensibilidade diferente dos shoujos/doramas que vejo por aí!
      Se fosse no Brasil, ele espancaria a professora, tiraria uma aaarma na sala de aula e a ameaçaria de morte!..maaassss, no japão, td vira uma linda história de amor!…e realmente, é uma série sensacional…assista!!!!!

  2. Eu nāo sou muito fā de Doramas Japoneses, preferindo sempre os Kdramas, o único Jdrama que vi foi Hana Yori Dango, mas prefiro a versāo coreana, porém depois deste post, fiquei megaaa curiosa e vou preparar o lencinho, para assistir estes doramas,haha’ E o que sāo as músicas!? Perfeiçāo, ouço muito Kpop, de Jmusic, sou apaixonada por wherever you are do One Ok Rock, mas já baixei as músicas que você apresentou e estou viciada, ameiiii o post é muiiito legal, quando alguém apresenta algo de forma tāo boa, que acaba por te fazer mudar de opiniāo. Sucesso seempre! *_*

    • Eu nunca tinha visto nenhum kdrama quando escrevi esse post, mas logo depois assisti a versão coreana de Hanakimi. Bem, os coreanos de fato são bem mais gatos e acho que o dorama é melhor produzido, mas demorei a me acostumar com o idioma e os nomes estranhíssimos! hahaha Fora que eu gosto dos jdramas também pra observar a sociedade japonesa (que eu amo). Mas aceito recomendações de kdramas!

  3. Dicas pra você: Coffee House (Tranquilinho e Engraçado) , Coffee Prince (MUITO BOM MUITO FOFO e a atriz principal eu adoro ela), Personal Taste (LINDO! E tem uma casa linda! Quero ela pra mim! E tem um ator lindo o Lee Min Ho!), O ultimo que eu assisti achei meio sofrido.. mas foi de roer as unhas Cheongdam Dong Alice (Cheongdam é uma região da Coréia de lojas caras de marca e onde tem gente famosa de moda e estilistas, parece que é um mundo tipo fashion week onde todo mundo quer estar xD). Tem outros que assisti mas achei fraco tipo Mary Stayed Out (esse nem cheguei a terminar) ou Flower Boy Ramyun Shop, Colors Of Woman ( UM SACO, so assista se não tiver opção, eu empurrei com a barriga ate o fim…) e etc etc xD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s